quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

TEMPO



TEMPO



... Não pense em mais nada! 

Feche os olhos
se solte na música ________pode ser qualquer uma
ou essa que eu ouço agora.
O importante é você se deixar levar,
se libertar  e fazer aquilo que o seu coração
diz baixinho em seu ouvido _________ isso é viver!!
O Tempo absorve a energia 
que emana das nossas risadas
dos nossos sonhos
dos nossos planos;
O Tempo adormece a criança que existe em nós,
então, o melhor a fazer
é antecipar-se ao Tempo nessa travessia
e mostrar os pés descalços
os cabelos soltos_____________ como fios de Ariadne
 prontos a serem 'emaranhados' na urdidura
de algum carinho.
E não deixar que a alegria de viver 
seja suplantada por duvidas, 
medos  e ansiedades. 
A vida é uma grande jornada
e o começo é aqui. 
Sinta o vento...
Me sinta no mar, no céu
no sol, nas estrelas
Acompanhe a musica...
Me sinta no vento, me sinta na liberdade de voar.
Eu sou o vento__________eu sou a musica!!


foto: Luciah Lopez ( álbum família)

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

VIBRAÇÕES HUMANAS




VIBRAÇÕES HUMANAS


Havia um silêncio.

Só foi quebrado pelas sirenes dos carros da polícia e do falatório dos curiosos se aglomerando cada vez mais perto para poder ver melhor.
Havia também um cheiro forte_________um cheiro que nós, os ainda vivos não conseguimos sentir sem que venha acompanhado pela careta de nojo ou asco. O cheiro da morte. O cheiro que mostra o desequilíbrio entre a vida e a morte e que revela o nosso mais profundo medo.
A moça estava lá. Deitada no chão, com o mato a sua volta todo pisoteado. A roupa tinha sido rasgada e atirada longe, ainda estava pendurada nos galhos mais fortes. Suas pernas afastadas revelando o negrume das suas partes íntimas incineradas, calcinadas pelo fogo ainda revelavam os pedaços da estopa que fora embebida em gasolina e depois colocada em seus genitais para que fossem queimados numa tentativa cruel e insana de tentar remover qualquer prova de violência sexual. Suas mãos crispadas ainda seguravam um pouco de terra e grama (talvez uma última tentativa de manter-se viva). Os seus mamilos foram extirpados a dentadas e cuspidos ao lado do corpo. Sua pele fora retalhada por alguns instrumento cortante exibia a carne e o sangue grudado nas bordas das feridas. A tortura durou algumas horas, eram quatro os seus carrascos. Seus gritos chegaram a ser ouvidos  por moradores de perto mas, na duvida, resolveram se aquietar em suas camas e dormir o sono dos 'justos' até que finalmente ouviram o tiro e silêncio de morte encobriu a volta dos quarto anjos da morte para a claridade da luz dos postes.
A moça ficou lá. Quieta. Inerte. Sem vida. Os ratos do campo e os pássaros vieram visitar os despojos - talvez tenham se alimentado do sangue e da carne exposta. Talvez tenham ficado em silêncio, pois, destes ciclos perversos só fazem parte os homens e suas aflições puramente humanas. A moça foi levada e nos prantos derramados foram validados todos os votos que um dia a mulher que a trouxe ao mundo, fez. Os dias se foram e o mato voltou acrescer onde foi queimado e pisoteado, só a moça não voltou a sorrir.

+Daniele da Silva Santos, 24 anos



VIDA CONTRADITÓRIA



Acordei!


A vida caminha tão devagar
e vagar pela vida desviando-me das pedras
e das perdas_________________onde vou chegar!?
O mundo é feito de pedras, aço e muitas perdas ( !)
e prá sobreviver nesse emaranhado de emoções
é preciso muita coragem
na verdade a vida é foda!
E ninguém se importa com o próximo
(tudo é embromação, um blá blá blá sem sentido)
só prá sair bonito na foto!
Se quero alguma coisa_________tem que ser
na raça, na garra pois nada vem de graça
só pelo brilho do olhar cor de mel.
Tem tanta gente ao meu lado e 
ainda assim, eu estou sozinha
A mentira é uma porca gorda
se alimentando às nossas custas
sempre ali___ próxima, bem próxima.

Até a fumaça te ofusca

e a cerveja está quente e batata esta murcha
e sem sal!!!