domingo, 3 de janeiro de 2016

AO MAR


Ao Mar

sou a cicatriz na areia
sou feito pegadas que não tem destino e paragens
qual barco a deriva_______ entre os oceanos
um num ponto qualquer.
sou o sal da rocha
lanhada pelas ondas do mar
sou silêncio de profundo abissal
e braço perdido da estrela do mar

sou nada e tudo num mesmo lugar
sou olhar de cavalho marinho
sou a cocha vazia que se nega chorar

e de tudo, um pouco_____carrego
um fardo pesado, uma história, um mar
tão azul e tão verde que não dá para explicar.



Um comentário: